A ASSOCIAÇÃO

Em 12 de Abril de 1975 foi criada por escritura pública no Cartório Notarial de Lousada, a Associação de Cultura Musical de Lousada, com a finalidade de organizar e dinamizar a banda de música de Lousada, existente desde o ano de 1855, conferindo-lhe desta forma a legalidade necessária através da criação  de estatutos próprios.

Teve a sua primeira sede na rua de S. sebastião, em condições que, apesar da sua precaridade, possibilitaram  um trabalho empenhado por parte dos seus dirigentes,  tendo como consequência um aumento do número de sócios e a melhoria da qualidade artística da banda de música.

Em Abril de 1981, o Conselho de Ministros, presidido pelo então ministro Pinto Balsemão, reconheceu a ACML como Pessoa Coletiva de Utilidade Pública.

Em reunião da Assembleia Geral da Câmara Municipal de Lousada realizada em Junho de 1984, é deliberada a doação, à Associação de Cultura Musical de Lousada, de um terreno a ser delimitado na Quinta das Pocinhas, para construção do auditório municipal e sede da referida instituição. Anos mais tarde, em 1990 a Câmara Municipal de Lousada outorga por escritura à ACML o direito de superfície sobre o lote 12 da Quinta das Pocinhas para a construção referida e em 1991 é lançada a primeira pedra.

Vencida esta importante etapa, houve que lançar mãos à obra para tratar de questões de natureza burocrática, projeto arquitetónico entre outras, tendo sido determinante, para a agilidade e  sucesso  deste processo, o contributo inestimável da CML.

Em 1998 o sonho concretizou-se: É inaugurado o Auditório Municipal e sede da Associação de Cultura Musical de Lousada, na presença do ministro da cultura, Manuel Maria Carrilho.

No decurso da construção, ocorreu uma mudança provisória da sua sede;  a atividade da associação desenvolveu-se em torno da sua banda de música, cujos músicos, a exemplo da maioria das bandas deste País, foram formados pelos músicos mais velhos e experientes. Ao longo de mais de um século, promoveram a cultura musical, dinamizaram atividades recreativas, participaram em eventos de natureza religiosa, homenagearam pessoas e instituições.

Apesar desta história de que todos nos orgulhamos, a direção  demonstrou suficiente lucidez e visão de futuro ao perceber que a formação académica musical seria uma mais valia para os músicos da banda, como para todos aqueles que escolhessem estudar música; após muita persistência e empenho, em outubro de 1994 foi criada a Academia de Música da Associação de Cultura Musical de Lousada, com autorização provisória de lecionação; a autorização definitiva ocorreria em 1999.

A Academia  de Música teve como principal objetivo  proporcionar aos jovens e a todos os interessados, um ensino artístico de qualidade, ministrado por professores com habilitação académica reconhecida.

O desenvolvimento de atividades em prol da cultura no concelho de Lousada,  promovidas pela nossa associação, mereceram o reconhecimento e votos de louvor por parte do Ministério da Cultura e Município de Lousada.

De todos os que lutaram pela concretização desta obra, destacamos a pessoa do senhor Paulo Cunha, presente na direção da ACML durante um longo período de tempo, desde 1975 até ao ano 2000, tendo assumido a sua presidência a partir de1989.

A partir desta data, nova direção administrativa assumiu a gestão da Associação, numa fase em que a situação financeira da mesma apresentava dificuldades consideráveis. A ACML  iniciou uma nova fase a que correspondeu um percurso de crescimento e desenvolvimento das suas vertentes. A Banda de Música desenvolveu a sua atividade artística na senda do caminho há muito trilhado;  A Academia de Música, com a aposta no ensino articulado da música assim como com a  implementação de novos projetos, aumentou de forma considerável o seu número de alunos, possibilitando-lhes, através do ensino articulado,  o acesso gratuito a este tipo de ensino; A aposta numa outra forma de expressão artística, o ballet clássico, veio aumentar a oferta de atividades de índole cultural no Concelho.

O Coro Feminino do Conservatório do Vale do Sousa, composto por cantoras que fizeram a sua formação no Conservatório do Vale do Sousa, assim designado desde 2005, integra a partir de 2015 a nossa Associação, na qualidade de vertente de natureza vocal.

A Associação de Cultura Musical de Lousada é uma instituição promotora de cultura, com competências na área da formação musical, certificando habilitações académicas através do conservatório do Vale do Sousa; promove e difunde a cultura musical e vocal através da sua Banda de Música e Coro Feminino; promove e certifica habilitações académicas ao nível da dança clássica na Escola de Ballet.

O crescimento da instituição  teve como consequência o aumento das instalações e a  necessidade de contratação de pessoal docente e não docente de forma a garantir um ensino de qualidade e um normal funcionamento dos serviços. A criação de um número significativo de postos de trabalho, a contratação de serviços, o estabelecimento de protocolos e parcerias com entidades e instituições e outras, obrigou a uma estrutura organizativa considerável.

A ACML pelas várias vertentes que possui é um dos maiores agentes culturais da região do Vale do Sousa.

O seu património cultural material e imaterial é o orgulho de todos os seus associados e da comunidade em que está inserida.